29 julho 2013

Resenha: Desastre Iminente (Walking disaster) #2 (Belo desastre) - Jamie McGuire


Título: Desastre Iminente(Walking disaster) (#2 Belo desastre)
Autora: Jamie McGuire
Ano: 2013
Páginas: 438
Editora: ATRIA Paperback

Sinopse
Travis Maddox aprendeu duas coisas com sua mãe antes dela morrer - Ame pra valer. Lute ainda mais pra valer. Em "Walking Disaster", a vida de Travis está cheia de mulheres rápidas, jogos subterrâneos e violência. Mas examente quando ele pensa que ele é invencível, Abby Abernathy lhe deixa de joelhos. Toda história tem dois lados. Em "Belo Desastre", Abby contou o dela. Agora é hora de ver a história através dos olhos de Travis.


Travis Maddox definitivamente não tem vida social.

Esqueça o que você acabou de ler na sinopse. Esqueça!

Tudo bem, não esqueça tuuudo, ele ainda pega muitas mulheres e joga e bebe e fuma e briga e você poderia até dizer que ele faz o que quer e quando quer, mas tudo isso é uma doce ilusão porque na verdade a vida de Travis Maddox gira em torno de uma única pessoa (e por incrível que pareça não é ele): Abby Abernathy.

Quando eu li Belo desastre eu achei que Travis era um bad boy, não obedeço ninguém, não ligo pra ninguém, não posso ser derrotado, sabe como é, né? Mas não, porque basicamente a partir do primeiro capítulo o garoto já está caidinho pela Abby. Não que ele a ame, mas a vida dele já começa a girar em torno dela, vira uma obsessão.

E não é porque eu não acredito em amor, odeio coisas melosas, romances e coisas do tipo. Bom, talvez seja um pouco. Mas o principal é que basicamente nunca (e quando eu digo basicamente nunca eu quero dizer menos de 5% de todo o livro) ele se encontra com um amigo que não seja Shepley, America e Abby. Nenhuma conversa, nenhum oi, nenhum nome sequer é citado!

E então eu cheguei a uma conclusão: você não pode começar a leitura achando que esse é um livro independente, que você pode lê-lo sem ter lido Belo desastre (mesmo que os dois livros contem exatamente a mesma história apenas de pontos de vista diferentes). Esse livro é apenas um complemento.

Momento indignação.

O livro é inútil? Não, definitivamente não. Eu fiquei realmente impressionada com o lado do Travis porque eu jamais imaginei que ele fosse apaixonado pela Abby desde o começo do livro e isso me fez sentir muita pena dele (e querer esganar aquela menina injusta e piranha).

Eeeeee, eu descobri (finalmente!) o que Beija-flor significa! Em primeiro lugar não é Beija-flor, é Pigeon (eu li o livro em inglês), e eu tenho que falar que eu não faço a mínima ideia do porque do tradutor ter escolhido esse nome. Eu tenho que concordar que Pomba ia ser muito estranho e feio, mas porque Beija-flor? E em segundo lugar, você acha mesmo que eu vou falar o que significa?!

A borboleta na capa de Belo desastre significa uma coisa bela em uma situação desastrosa, onde Travis seria a borboleta. Não foi Lamie que escolheu a capa, by the way.
No geral o livro é um pouco cansativo porque ele relata a vida de Abby pelos olhos de Travis. Eu queria saber o que acontece na vida dele, não na de Abby! Foi por isso que eu comprei o livro em primeiro lugar!

Mais indignação.

Mas mostra algumas coisas legais sobre o relacionamento dos dois, dele com a família, com Shepley e até outro lado de America que eu não conhecia (e de Parker também) e como a cabeça daquele cara é confusa! Então eu recomendo muito o livro para os fãs e para quem está no meio do muro e vai ler só por ler mesmo, bom, você vai odiar.


Veja a capa brasileira de Desastre Iminente aqui.

Bia Albuqerque

3 comentários:

  1. Eu sou COMPLETAMENTE APAIXONADA PELO TRAVIS (que meu namorado não leia isso), e ainda não tive a oportunidade de ler esse livro. Vou já atrás dele.

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  2. Claire vê seu futuro transformado quando seu grande amor sofre um acidente. Com isso, as verdades começam a ser reveladas e ela, moça do século XIX, tenta decidir se dá chance a um novo amor ou se constrói sua vida de maneira independente. Porém, toda escolha tem suas consequências e diga-se: emocionantes consequências.
    "A Casa dos Boswell" é um romance erótico capaz de sacudir qualquer cabeceira.

    https://www.amazon.com.br/dp/B00DT57QZK

    ResponderExcluir
  3. Putz gostei amei sua resenha, a mais SINCERA que eu li até agora.
    Eu sou apaixonada por esse livro mas esse lado que você comentou, que não existe ninguém na vida dele alem da Abby e os amigos, é um pouco surreal (ou sufocante como eu disse antes). Ele é perfeito, mas isso não existe.
    Mesmo assim dou nota mil para esse livro!

    ResponderExcluir